X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Bolsonaro diz que evangélicos foram fundamentais para "mudar o destino" do Brasil

Bolsonaro diz que evangélicos foram fundamentais para "mudar o destino" do Brasil

Esta é a primeira vez que um presidente da República participa da marcha, que está em sua 27ª edição.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) discursou na tarde desta quinta-feira (20) durante a Marcha Para Jesus, evento evangélico realizado desde a manhã na Zona Norte de São Paulo. Esta é a primeira vez que um presidente da República participa da marcha, que está em sua 27ª edição.

Ao lado de nomes com Pastor Marcos Feliciano, apóstolo Valdemiro Santiago, bispa Sonia Hernandes e apóstolo Estevão Hernandes, o presidente disse que era muito bom estar entre amigos "que tem Deus no coração" e agradeceu ao convite.

Aos gritos de "mito", reafirmou que é cristão apesar do estado ser laico, e destacou a importância dos evangélicos na sua eleição. "Vocês foram decisivos para mudar o destino desta pátria maravilhosa que é o Brasil. Todos nós compartilhamos desta responsabilidade", disse. Ele agradeceu por estar vivo e aos presentes que oraram por ele nos "momentos difíceis que viveu".

Bolsonaro reiterou, e parafraseou, seu slogan de campanha ao defender “Deus e a família tradicional acima de tudo”. Ele reafirmou que pela primeira no país, um governante está cumprindo o que prometeu em campanha, e disse que a verdade continuará sendo um particípio da sua gestão. Neste momento, ele aproveitou para alfinetar o que gosta de chamar de “velha política”. 

"Em nosso meio político a verdade sempre foi a primeira vítima. Mas no meu mandato, até o último dia, ela será a pedra fundamental. [...] Quem achou que sucumbiríamos perdeu, pois temos a verdade e vocês do nosso lado", avaliou. Bolsonaro prometeu ainda retornar na Marcha do próximo ano, que acontecerá em 11 de junho de 2020.

Também estiveram presentes o prefeito de São Paulo Bruno Covas e o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Sherlley. Por fim, Bolsonaro convocou o público a mandar um abraço a esposa Michele Bolsonaro. Antes de deixar o palco, o grupo orou pelo presidente. Da mesma maneira, anteriormente todos rezaram para que Bolsonaro “retorne por mais oito anos para participar do evento”. 

Por volta das 15h30, o presidente foi anunciado pelo apostolo Estevão Ernandes. "Hoje é um dia histórico queremos mostrar para vocês o que é o cumprimento de uma promessa", disse. Posteriormente, o telão exibiu um vídeo de 2018 com Bolsonaro prometendo retornar em 2019. Bolsonaro participou do evento em 2018, quando era candidato a presidência da república.

A Marcha para Jesus de 2019 está sendo transmitida ao vivo pelo You Tube. De acordo com informações do portal G1, Bolsonaro chegou ao evento por volta de 14h50 e aguardou no backstage pelo seu momento de discursar. O governador de João Doria (PSDB) também participou do evento mais cedo ao lado de sua esposa Bia Doria. Hoje mais cedo, o presidente esteve em Eldorado Paulista (SP), acompanhado do filho e deputado federal Eduardo Bolsonaro, para visitar sua mãe, Olinda Bolsonaro.

 

Com informações do site BNews

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados