X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Covid já matou seis vereadores na Bahia

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Covid já matou seis vereadores na Bahia

Itambé, na região do cacau, passou o fim de semana de luto. A Covid tirou de cena a professora Alicienne Chaves Gusmão, a Professora Alicienne, ex-dirigente da APLB e vereadora do PSB.

Mas também em Salvador já tirou Irmão Lázaro (PL), em Brumado José Carlos Pessoa, o Zé Carlos de Jonas (PSB), em Sítio do Quinto José Manoel de Carvalho, o Ni do Planalto (PSB), em Dias D’Ávila, Dr. José Carlos (PSD) e em Jaguaripe Reinevaldo da Conceição, o Val da Colônia.

O levantamento do estrago da Covid entre os vereadores baianos foi feito pela presidente da União dos Vereadores da Bahia, Edylene Ferreira (PSD), vereadora em Serrinha, com a ressalva de que uma legião de outros foi infectada.

Balanço — Aos seis vereadores vítimas de Covid na Bahia somam-se um prefeito, Herzem Gusmão (MDB), de Vitória da Conquista, e dois vices, Aurelino Bonfim (PSD), vice eleito de Iguaí, e Frank Neto (PT), de Capim Grosso. Tantos mortos com mandato em tão pouco tempo simplesmente é fato único na história.

Segundo Edylene, o risco é inerente à atividade política:

– Lamentamos as mortes. A interação que temos com o povo nos põe naturalmente em risco. E aumenta a nossa responsabilidade nos cuidados.

Alguns dizem que se políticos com mandato defendessem a prioridade não seria nada demais, mas pegaria mal. Então, corra-se o risco.

POR: A TARDE

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter