X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Deputados pedem que Rui atue para unificar candidaturas nas 30 maiores cidades do estado

Deputados pedem que Rui atue para unificar candidaturas nas 30 maiores cidades do estado

O petista deve trabalhar para unir as candidaturas a prefeito em cidades em que mais de dois aliados se apresentaram para concorrer ao Executivo.

Quando voltar das férias, o governador Rui Costa (PT) tem pelo menos um compromisso político esperando na mesa: tentar unificar candidaturas a prefeito da base governista nos 30 maiores municípios do estado. 

A bancada aliada de deputados federais procurou Rui antes do seu período sabático solicitando que o governador entrasse em campo a partir de janeiro, após reunião do conselho político. O petista deve trabalhar para unir as candidaturas a prefeito em cidades em que mais de dois aliados se apresentaram para concorrer ao Executivo.

O objetivo é evitar que cenários como o da eleição municipal de Alagoinhas, em 2016, se repitam em 2020. Na cidade, em que foi eleito Joaquim Neto (DEM), Sonia Fontes (PSB) e Joseildo (PT) dividiram a base governista e viram a oposição levar o pleito. 

A prioridade é também atuar na unificação em cidades em que o grupo governista tem na oposição um adversário com chances reais de vitória. Vitória da Conquista é um desses municípios, em que a bancada federal tem interesse que Rui construa um único nome com seu apoio para enfrentar a tentativa de reeleição do atual prefeito Herzem Gusmão (MDB).

Caso não consiga unir as candidaturas nas maiores cidades, a sugestão dos parlamentares federais é que o governador mantenha distância do pleito. É o que deve acontecer em Salvador, em que pelo menos quatro nomes já conquistaram a simpatia partidária para serem lançados. São eles Niltinho (PP), Bacelar (Pode), Isidório (Avante) e Olívia Santana (PCdoB). 

Quando a união não for possível, um critério principal deve ser estabelecido para decidir quem terá o apoio de Rui: quem votou com o governador e ajudou na campanha de Fernando Haddad (PT) em 2018. 

 

Com informações do site Bahia Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados