X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Diretor jurídico do Vitória explica dívida de mais de R$ 1 milhão do clube em relação a Walter Bou

Diretor jurídico do Vitória explica dívida de mais de R$ 1 milhão do clube em relação a Walter Bou

O advogado também falou sobre a postura do Leão em relação às causas jurídicas.

O diretor jurídico do Vitória, Dilson Pereira Júnior, concedeu entrevista exclusiva ao programa "Itapoan Esportes", da rádio Itapoan FM, na noite de terça-feira (28) e explicou a dívida que o Leão tem com o Boca Juniors, em relação ao atacante Walter Bou.

"Não foi a Conmebol que cobrou ao Vitória. Quem cobrou ao Vitória foi o Boca Juniors. O Boca Juniors encaminhou uma notificação baseada nos contratos de execução e distrato realizados com o Vitória referentes ao atleta Walter Bou. Os contratos em geral previam uma contrapartida do Vitória pela cessão do atleta e o Boca alega que não houve tal pagamento. Nós estamos apurando internamente para saber se procede ou não a reclamação do Boca Juniors. O valor eu acho que tem um número errado, pois é 305 mil dólares (R$ 1.220.000,00 na cotação atual) e a gente vai tomar as medidas que forem necessárias para preservar os interesses do Vitória. Se a gente verificar que há procedência no pedido do Boca Juniors, nós faremos de tudo para fazermos uma composição dos melhores termos possíveis para o Vitória. Além dos valores ordinários do contrato, têm algumas multas na carta de cobraça e tais nós faremos de tudo para negociá-las. Isso se a gente considerar que o pedido do Boca Juniors tem procedência", avisou o diretor jurídico do Vitória, Dilson Pereira Júnior.

O advogado também falou sobre a postura do Leão em relação às causas jurídicas.

"A postura do Vitória é de honrar seus compromissos mesmo sabendo da atual situação do clube, que passa por uma reconstrução geral e essa reconstrução tem que levar em consideração o cenário esportivo do Vitória, que está na Segunda Divisão e com uma queda de receita acentuada. Mas isso não é motivo de desânimo para nós. Isso é motivo de mais trabalho, mais esforço na esperança e na fé que recuperaremos o status do Vitória no cenário brasileiro", disse.

Contratado na gestão de Ricardo David, quando Jorge Macêdo era o diretor de futebol, Walter Bou disputou oito partidas pelo Vitória e não conseguiu marcar nenhum gol.

 

Informações do BNews

 

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados