X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Eike Batista é condenado a 11 anos de prisão e multa de R$ 871 mi

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Eike Batista é condenado a 11 anos de prisão e multa de R$ 871 mi

O empresário Eike Batista foi condenado na última terça-feira (9) a mais 11 anos e oito meses de prisão por crimes contra o mercado de capitais, além de ser obrigado a pagar uma multa de R$ 871 milhões. A decisão é da juíza Rosália Monteiro Figueira, da 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

Durante o julgamento, a magistrada considerou que o executivo abusou do seu conhecimento do mercado financeiro para enganar pequenos investidores nas empresas do grupo EBX. Ele pode recorrer da decisão.

“[Eike]demonstrou fascínio incontrolável por riquezas, ambição sem limites que o levou a operar no mercado de capitais de maneira delituosa, com extremo grau de reprovabilidade com o objetivo de obter lucro fácil ainda que em prejuízo da coletividade, ‘acreditando’ em seu poder econômico e na impunidade que grande mal tem causado à sociedade brasileira”, escreveu a juíza na sentença.

O empresário, que chegou a ser considerado o homem mais rico do país na primeira edição do ranking de bilionários brasileiros da Forbes, em 2012, recorre em liberdade, mas já chegou a ser preso duas vezes em operações Lava Jato.

As informações são do site BNEWS

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter