X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Escolas investem em educação humanizada

Escolas investem em educação humanizada

De acordo com a pedagoga Ana Carla Brum, a escola é um reflexo do que acontece no mundo e deve implantar projetos relevantes para a formação de um cidadão colaborador e humano.

“Acreditamos que acolher o próximo é a melhor maneira de fazê-lo feliz”. Essa é a base do NEP, instituição que inova na forma de ensinar e lidar com os estudantes da Educação Infantil, Fundamental e Médio.

A escola, com unidades nos bairros Praia da Costa e Praia de Itaparica, em Vila Velha, é a única no Espírito Santo que possui o selo de Escola Referência Google e oferece um amplo espaço com biblioteca, bosque, salas de arte e música, laboratório de ciências, ginásio poliesportivo, refeitório, brinquedoteca, parque infantil e sala de línguas. Além disso, desenvolve projetos que têm por objetivo de estimular a criatividade, a atenção e a autonomia dos alunos.

De acordo com a pedagoga Ana Carla Brum, a escola é um reflexo do que acontece no mundo e deve implantar projetos relevantes para a formação de um cidadão colaborador e humano. “Trabalhamos juntos para a formação de pessoas capazes de enxergar o valor do próximo, tendo como metas básicas a cooperação e o respeito. Por isso, a partir dos dois anos nossas crianças já aprendem conceitos de convivência ética e harmoniosa”, revela.

A parceria escola-família também se faz presente no NEP. Cada familiar participa ativamente do aprendizado dos filhos, mediante a experimentação de projetos, pesquisas em grupos, desenvolvimento de raciocínio e a construção de novos pensamentos e ideias em conjunto.

“A escola deve ser um ambiente que auxilie diretamente na construção intelectual, psicológica e física de cada um. Portanto, quando o aluno se sente encorajado para desenvolver novas ideias, principalmente vindas da própria família, ele se sente mais disposto a buscar mais”, finaliza a pedagoga.

Ter um relacionamento próximo e participativo com a escola é um aspecto relevante para as famílias na relação com a escola dos seus filhos. "A gente veio de uma escola muito grande e eu tive uma experiência muito ruim nessa escola, a minha filha mais velha não se adaptou, a Duda, e o NEP me acolheu. Graças a Deus hoje eu estou super tranquila, eles adoram a escola", descreve Rosely Chaves, mãe do Leonardo e da Maria Eduarda.

 

 

Com informações do site Agência Brasil

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados