X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Família de jovem que perdeu bebê em ação da polícia critica silêncio de Rui

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Família de jovem que perdeu bebê em ação da polícia critica silêncio de Rui

O marido de Jucilene de Santana Juriti, que perdeu o bebê após ser baleada durante uma ação da polícia em São Tomé de Paripe, no mês de maio, criticou a posição de silêncio adotada pelo governador Rui Costa (PT) diante da repercussão do caso.

Um mês depois do acontecido, Rui ainda não se manifestou sobre o caso. O servente de pedreiro Angelo Oliveira, marido da jovem, disse à BBC News Brasil que queria um posicionamento do governador sobre o caso, além de alegar estar enfrentando um momento financeiro delicado.

“Queria ter um posicionamento deles (governo de Rui Costa, PT), porque somos uma família carente, necessitada. Estamos bem desamparados”, disse Angelo.

O caso aconteceu em 17 de maio. Na ocasião, Jucilene estava na porta de casa, quando foi atingida por tiros durante um confronto entre policiais e criminosos da região. A jovem, que estava grávida de oito meses, acabou perdendo o bebê, que seria o terceiro filho do casal.

“O que aconteceu com a minha esposa e comigo pode acontecer com outras famílias. Não podemos pagar pelo erro dos outros”, completou o servente.

Procurada pela reportagem da BBC, a assessoria de Rui afirmou que o governador tem o mesmo posicionamento da Polícia Militar, que garante estar aguardando o resultado da perícia para determinar de onde partiram os disparos.

“É importante salientar que só a partir dos resultados da perícia técnica pode-se determinar de onde partiram os disparos das armas utilizadas”,  diz a PM em nota.

POR: POLÍTICA AO VIVO

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter