X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Guanambi: Manifestantes cobram Inema por aprovar construção de barragem

Guanambi: Manifestantes cobram Inema por aprovar construção de barragem

Para se ter ideia, a barragem projetada em Guanambi é cerca de15 vezes maior que a de Brumadinho, que rompeu no final de janeiro.

Com a campanha "Vida Sim, Barragem Não", manifestante que foram às ruas de Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, nesta quinta-feira (6) cobraram uma posição do Inema [Instituto do meio Ambiente e Recursos Hídricos] sobre a construção da Barragem Pedra de Ferro, da Bahia Mineração (Bamin). Para se ter ideia, a barragem projetada em Guanambi é cerca de15 vezes maior que a de Brumadinho, que rompeu no final de janeiro.

Segundo a advogada e pesquisadora Débora Clemente, uma das organizadoras do protesto (ver aqui), até o momento o Inema não respondeu às críticas de moradores sobre a instalação da barragem. Em março passado, o mesmo órgão renovou a licença ambiental da Bamin para exploração de minério de ferro.

"Dentro desse processo de aprovação e de preparação das obras iniciais a população de Guanambi sequer foi consultada. Nos causa muita preocupação o fato de que isso está sendo imposto e pronto para ser implantado sem diálogo com a população", disse ao Bahia Notícias. A manifestação começou por volta das 7h, na Praça da Matriz, e foi encerrada às 10h30 na frente da sede do Inema na cidade.

Os manifestantes cobram mudança na forma de construção [querem método mais seguro do que "a jusante"] e do local onde a barragem foi planejada. Neste caso, a barragem vai ser construída cem cima da microbacia do rio Carnaíba de Dentro, responsável pelo abastecimento da região. Caso o projeto da barragem se concretize, uma barragem de água potável também seria afetada.

 

Com informações do Bahia Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados