X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Guia de pokémons 'reais': G1 lista principais monstrinhos de 'Detetive Pikachu' do melhor para o pior

Guia de pokémons

Gravado com atores reais, a produção utiliza computação gráfica para retratar as criaturas e consegue um ótimo resultado.

Um dos maiores sucessos de "Pokémon: Detetive Pikachu", filme que estreia nesta quinta-feira (9) no Brasil, é a adaptação dos monstrinhos tirados dos games da Nintendo. Gravado com atores reais, a produção utiliza computação gráfica para retratar as criaturas e consegue um ótimo resultado. Pelo menos com a maioria deles.
Por isso, o G1 assistiu ao filme e analisou a transformação dos principais pokémons da história.
Veja abaixo, do melhor para o pior:
 

Pikachu

O personagem do título claramente brilha no filme. Sua adaptação era a mais arriscada para os fãs, e até sofreu algumas críticas no lançamento do trailer por sua aparência mais peluda, mas funciona muito bem.
Depois de um certo tempo, é até fácil pensar que ele realmente existe, apesar de pequenos problemas na interação direta com Tim Goodman (Justice Smith).
O pokémon do tipo elétrico, que começa a história com amnésia, esquece como usar seus poderes no começo, mas logo mostra toda a sua força.
 

Snubbull

O parceiro do sargento interpretado por Ken Watanabe ("Godzilla") mais parece um ursinho de pelúcia, mas convence principalmente nos closes mal-encarados na frente de Smith.
Snubbull é do tipo fada e foi apresentado na segunda geração das criaturas, e claramente foi inspirado em bulldogs, o que talvez o torne um excelente cão policial mesmo.
 

Aipom

Outro pokémon da segunda geração, Aipom é um membro do tipo normal que costuma ser pacífico. No filme, no entanto, um bando deles inala um gás que os deixa extremamente agressivos e ataca o herói.
Seus longos rabos que funcionam como uma grande pata extra causam estranhamento em animais "reais", mas mais uma vez seu pelo muito bem construído convence.
 

Psyduck

O pokémon que mistura os tipos psíquico e água da leva original é um dos mais difíceis de adaptar, considerando sua aproximação óbvia com patos de verdade.
No filme, o parceiro da personagem de Kathryn Newton ("Big little lies"), um dos que mais têm tempo de tela, causa estranhamento inicial graças ao que parece mais uma mistura entre penas e pêlos.
Mas suas interações com Pikachu ajudam a lembrar que ele é, na verdade, muito diferente de seu "primo" do mundo real.
 

Cubone

Cubone é um dos primeiros pokémons a aparecer no filme, no momento em Tim é convencido por um amigo a tentar capturar um. Infelizmente, a criatura do tipo terra da primeira geração não está tão disponível.
Quem diria que um pequeno pokémon usando um crânio (que dizem ser de seus pais) na cabeça poderia ser adaptado com qualidade para algo quase real? Ao reparar nas escamas e nos detalhes dos ossos, é possível se confundir.
 

Bulbassauro

Um dos originais favoritos do público, esse tipo planta/veneno ajuda os protagonista em um momento-chave do filme.
Mesmo com uma planta nascendo em suas costas, os bulbassauros do filme têm uma aparência tipicamente anfíbia, e dá pra imaginar grupos habitando alguns lagos do mundo real.
 

Charizard

A evolução final do pokémon inicial de fogo, Charmander, aparece em toda a sua glória em um confronto contra Pikachu em uma arena de batalhas ilegal.
As cicatrizes ganhadas em uma luta anterior dá um toque de realidade à criatura, que mais parece um dragão, no lugar da salamandra inicial.
 

Lickitung

Lickitung é um pokémon do tipo normal da primeira geração, e ostenta sua gigantesca língua no momento em que Tim pega um trem para a cidade de Ryme após saber do desaparecimento do pai.

Com uma belíssima lambida na cara do herói sem reação, a criatura é surreal, mas faz o público imaginar como se sentiria na mesma situação.
 

Jigglypuff

A participação deste pokémon de tipo normal/fada é breve, mas vai agradar quem curtia o desenho animado. A pequena bola de pelo, cujo topete foi criticado por algumas pessoas, aparece numa cafeteria próxima à casa de Tim cantando sua clássica e sonolenta canção.
 

Ludicolo

O atendente da cafeteria (ou seu parceiro, pelo menos) é um Ludicolo, um pokémon da terceira geração do tipo planta/água. Repleto de pelos, a terceira forma de Lotad não parece tanto a mistura de um abacaxi com um pato quanto o origina.

Morelull

Esses pequenos pontos luminosos da imagem acima são os morelulls, pokémons do tipo planta/fada da sétima geração que também ajudam os protagonistas.
Sua natureza quase mística, misturando cogumelos com a luz de vagalumes é muito bonitinha, mas dificulta qualquer aproximação com o real, ao mesmo tempo em que afasta um pouco da personalidade mais simples do original.
 

Mr. Mime

Mr. Mime sempre foi um dos pokémons mais perturbadores da primeira geração, talvez por sua aparência quase humana, talvez porque mímicos sempre foram algo um pouco esquisitos.
No filme, essa criatura do tipo psíquica-fada passa por um interrogatório quente na mão dos heróis e resiste calado o quanto pode, mas acaba entregando uma pista vital.

 Mewtwo

O grande pokémon lendário da primeira geração é o resultado de alterações genéticas em um Mew, criatura mística dos games. Conhecido como um dos mais poderosos, o tipo psíquico foi o vilão do primeiro longa-metragem baseado na animação, e surpreendeu os fãs ao aparecer no trailer.
Sua natureza mega-poderosa e seu porte semi-humano dificultam a adaptação para algo mais realista. Por isso sua baixa posição nessa lista, que não leva em consideração o poder dos pokémons analisados.
Pelo menos é possível dizer que, comparado à sua forma original nos games, ele até que é bem fiel.
 

Loudred

Evolução do Whispur, o Loudred é um pokémon de tipo normal da terceira geração com uma das formas mais esquisitas. Talvez por isso ele não convença tanto no filme, parecendo na maior parte de suas cenas ser feito de massinha.

Machamp

Machamp talvez confirme que, quanto mais humano o pokémon, menos realista ele parece. Este lutador, última evolução do Machop, não convence em nenhum momento durante o filme, o que torna ainda mais estranho a escolha da produção de usá-lo em dois momentos diferentes.

 

 

Informações do G1

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados