X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Incêndios no DF destroem área de 1.155 campos de futebol em 35 dias, diz Corpo de Bombeiros

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Incêndios no DF destroem área de 1.155 campos de futebol em 35 dias, diz Corpo de Bombeiros
Durante esse período, os bombeiros receberam 696 chamados de combate a incêndio.

Entre os dias 1º de junho e 6 de julho, os incêndios florestais no Distrito Federal destruíram uma área de 8.248.002 m², segundo o Corpo de Bombeiros. Nos cálculos da corporação, divulgados neste domingo (7), essa metragem consumida pelo fogo equivale a quase 1.155 campos de futebol.
Durante esse período, os bombeiros receberam 696 chamados de combate a incêndio. Planaltina foi a região com mais ocorrências – 80. Logo em seguida, aparecem Paranoá e Brazlândia, com 51 e 46 atendimentos, respectivamente.
 

Planaltina: 80
Paranoá: 51
Brazlândia: 46
Sobradinho: 46
São Sebastião: 34
Gama: 31

 

Na última sexta-feira (5), um incêndio atingiu uma área de vegetação entre a via L4 Sul e o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). De acordo com os bombeiros, somente nessa ocorrência, uma área de 70 mil m² foi destruída pelo fogo.

A fumaça podia ser vista desde o Memorial JK, no Eixo Monumental, a uma distância de 11 quilômetros. Os militares usaram água dos caminhões e abafadores para conter as chamas.
 

E a chuva?
 
Embora os moradores do DF tenham registrado chuvas em áreas isoladas na sexta (5) – decorrentes de uma massa de ar frio que passou pelo Centro-Oeste –, a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) é de que o tempo continue seco e sem precipitações até setembro.
"Já estamos no período da seca que deve se agravar até agosto, e não há qualquer previsão de chuva a curto prazo", apontou o meteorologista Hamilton Carvalho.

 

Com informações do site G1

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter