X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Mourão critica STF e fala de 'limites entre os Poderes'

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Mourão critica STF e fala de
Em entrevista à Rádio Gaúcha, o vice-presidente disse que julga que cada Poder "tem que navegar dentro dos limites da sua responsabilidade".

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (PRTB), afirmou que a suspensão da nomeação de Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da Polícia Federal fez o Supremo Tribunal Federal (STF) ultrapassar o limite das decisões entre os Poderes. De igual forma, Mourão destacou a decisão do órgão de barrar a ordem do governo brasileiros para expulsar diplomatas venezuelanos aliados a Nicolás Maduro do Brasil. 

Em entrevista à Rádio Gaúcha, o vice-presidente disse que julga que cada Poder "tem que navegar dentro dos limites da sua responsabilidade". 

"Os casos mais recentes, que foi da nomeação do diretor-geral da Polícia Federal, a questão dos diplomatas venezuelanos eram decisões que são do presidente da República. É responsabilidade dele, é decisão dele escolher seus auxiliares, assim como chefe de Estado ele é o responsável pela política externa do país", destacou. 

Para Mourão, "os Poderes têm que buscar se harmonizar mais e entender o limite da responsabilidade da cada um". Ele disse também entender que "hoje existe uma questão de disputa de poder entre os diferentes Poderes, existe uma pressão muito grande em cima do Poder Executivo".

À rádio, Mourão também se referiu ao ato de domingo, em que o presidente Jair Bolsonaro disse não mais admitir "interferência" e que "as Forças Armadas estão com o povo".

"Naquela manifestação, assim como tinha gente que pedia ou propugna aí por ideias mais radicais que, no final das contas, não para em pé, tinhuma uma maioria ali que estava pura e simplesmente para apoiar o governo do presidente Bolsonaro", declarou.

O vice-presidente disse que Bolsonaro "tem um compromisso com a democracia, tem um compromisso que ele jurou defender a Constituição e ele não vai ultrapassar esses limites e ele deixa isso bem claro".

No twitter, Mourão também reforçou a concepção de limites entre os Poderes. Escreveu: "Neste momento em que se procura turvar o ambiente nacional pela discórdia e intriga, é importante deixar claro, como o Presidente @jairbolsonaro declarou ontem, que ninguém irá descumprir a Constituição. Agora, cada Poder tem seus limites e responsabilidades".

 

Com informações do site Bahia Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter