X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Polícia atira 3 vezes em idoso deitado no chão por engano durante perseguição em Salvador

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Polícia atira 3 vezes em idoso deitado no chão por engano durante perseguição em Salvador
“Quando perceberam que eram tiros, eles correram e fecharam as portas e as janelas. Os vizinhos também, todo mundo fez isso. Eu não estava lá nesse momento, mas minha mãe contou que depois de fechar tudo ela correu para a cozinha e que meu pai ficou abaixado na sala. Meu sobrinho estava no quarto do fundo”, narrou Elen, a filha de Almir.

Um idoso de 74 anos foi baleado na manhã desta terça-feira (23) no bairro de Saramandaia, em Salvador. A família da vítima contou ao Correio que um bandido arrombou a casa de Almir Ferreira Paiva para tentar escapar dos policiais. O policial civil que vinha logo atrás, na perseguição, confundiu o idoso com o criminoso e acertou três tiros no morador, que estava deitado no chão. 

Almir estava em casa com a esposa, uma idosa de 76 anos, e com o neto, um adolescente de 16 anos quando bandidos e policiais civis entraram em confronto no bairro. Ninguém saiu do imóvel. 

“Quando perceberam que eram tiros, eles correram e fecharam as portas e as janelas. Os vizinhos também, todo mundo fez isso. Eu não estava lá nesse momento, mas minha mãe contou que depois de fechar tudo ela correu para a cozinha e que meu pai ficou abaixado na sala. Meu sobrinho estava no quarto do fundo”, narrou Elen, a filha de Almir.

Durante a perseguição um dos bandidos correu em direção à avenida em que fica a casa de Almir, a rua do Tubo, mas o local não tem saída. Os familiares contaram que foi nesse momento que o bandido forçou e arrombou a porta do idoso. Ele invadiu o imóvel e escapou por uma escada que leva para a laje da casa. De lá, o criminoso pulou de telhado em telhado e conseguiu escapar. 

O policial civil que perseguia o bandido confundiu o idoso de 74 anos que estava deitado no chão com o criminoso e, ainda do lado de fora da casa, fez diversos disparos. Três balas acertaram a região pélvica e a virilha de Almir. Os tiros acertaram também uma poltrona que estava ao lado. Depois da confusão foi possível ver os buracos.  
Seu Almir foi socorrido pelos policiais para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde passou por cirurgia. Ele ainda está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e o estado de saúde é considerado estável.

Procurada pela reportagem, a Polícia Civil ainda não se pronunciou sobre o caso. 

 

Com informações do site Bahia Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter