X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Professores realizam manifestação nesta quinta (30) em todo país contra a reforma da Previdência

Professores realizam manifestação nesta quinta (30) em todo país contra a reforma da Previdência

A mobilização, convocada nacionalmente, acontecerá também em várias cidades do interior da Bahia.

Dando continuidade à série de mobilizações contra os cortes na educação básica e superior e contra a Reforma da Previdência, o Sindicato dos Professores das Instituições Federais da Bahia (APUB), juntamente com a Assufba e DCE/UFBA convocam a comunidade universitária para ir às ruas nesta quinta-feira (30).

Segundo a APUB, em Salvador as mobilizações começam a partir das 8h com uma plenária na Reitoria da UFBA, onde os estudantes irão promover atividades culturais e artísticas em preparo para o ato que acontecerá em seguida, às 10h, partindo do Campo Grande até a Praça Castro Alves. O ato pretende reunir docentes, técnicos administrativos, estudantes e todos os cidadãos preocupados com os rumos do Brasil frente aos retrocessos instaurados pelo governo federal. 

A mobilização, convocada nacionalmente, acontecerá também em várias cidades do interior da Bahia, a exemplo de São Francisco do Conde, protagonizado pela comunidade acadêmica da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira do Campus Malês (UNILAB); os municípios de Serrinha, Irecê, Paulo Afonso e Jequié também possuem protestos confirmados. 

Os atos do dia 30 foram inicialmente uma convocação das organizações do movimento estudantil que ganhou apoio de diversas entidades ligadas à educação, entre elas, a Apub Sindicato, que desde o início do ano vem apoiando e promovendo diversas atividades (debates, plenárias, atos, etc.) em defesa da educação e contra a reforma da previdência, incluindo o ato do dia 15 de maio que reuniu cerca 70 mil pessoas em Salvador. 

O sindicato e a categoria docente seguem em estado de mobilização permanente em torno dessas pautas, articulando a mobilização também para a Greve Geral do dia 14 de junho, cuja adesão da base da Apub na UFBA já foi aprovada por unanimidade em Assembleia Geral no dia 7 de maio. 

 

Informações do BNews

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados