X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Saúde investe R$ 233,6 mi em atenção primária; BA terá R$ 8,8 mi para 107 cidades

Saúde investe R$ 233,6 mi em atenção primária; BA terá R$ 8,8 mi para 107 cidades

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (3) pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O Ministério da Saúde vai investir R$ 233,6 milhões para o credenciamento de equipes e serviços da Atenção Primária. Desse total, cerca de R$ 8,8 milhões serão destinados para a Bahia, beneficiando 107 municípios. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (3) pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

O objetivo, segundo a Pasta, é ampliar o atendimento prestado à população com mais consultas, exames e medicamentos disponíveis. Ao todo, no estado, serão credeniados 44 Agentes Comunitários de Saúde, 40 Equipes de Saúde da Família, 99 Equipes de Saúde Bucal, 9 Polos de Academia de Saúde, uma Equipe de Saúde Prisional, 5 centros Especializados em Odontologia e 44 Laboratórios de Próteses Dentárias.

A ação faz parte da cobertura da Estratégia Saúde da Família. O investimento no Brasil, a partir de 2020, deve subir para R$ 400 milhões. No país, serão credenciados 9.987 serviços e equipes e equipes em 1213 municípios. O Ministério estima que cerca de 10 milhões de pessoas passarão a ser assistidas na Atenção Primária.

A Atenção Primária é a principal porta de entrada para o Sistema Único de Saúde (SUS) para garantia de acesso a cuidados fundamentais para a promoção da saúde e prevenção de doenças.

Os recursos começam a ser repassados aos estados e municípios a partir do momento em que as novas equipes e serviços credenciados iniciarem o atendimento à população. As contratações são feitas pelos gestores locais.

Essa é uma das primeiras medidas adotadas pelo Ministério da Saúde, neste ano, para alcançar a meta de 50 mil equipes de Saúde da Família em funcionamento, cobrindo 70% da população brasileira até o ano de 2020. Atualmente, são 43 mil equipes de Saúde da Família no país que são responsáveis pelo atendimento a cerca de 63% da população.

 

Com informações do site Noticia da Bahia

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados