X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Sessão na AL-BA cai e oposição 'provoca' base de Rui: 'Tem 45 e não consegue 19?'

Sessão na AL-BA cai e oposição

O democrata criticou a articulação do governo, que no dia em que pretende votar um projeto importante não consegue reunir o número necessário de parlamentares na Casa.

A sessão da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) desta terça-feira (6), em que estava prevista a votação da reestruturação dos cargos nas universidades estaduais, caiu após pedido de verificação de quórum durante o pequeno expediente por deputados da oposição. O pedido foi criticado pelo líder do governo na Casa, deputado Rosemberg Pinto (PT), sob argumento de que a tradição da AL-BA é de que os deputados votem a partir das 17h.

"Há uma tradição na Casa de votar a partir das 17h, mas infelizmente tem deputados que não querem trabalhar, querem só atrapalhar, e aí o que acontece é que sempre trabalha nesse sentido de derrubar a sessão", disparou o petista.

Autor do pedido de verificação de quórum, o deputado Alan Sanches (DEM) considera o argumento de Rosemberg "balela" e "falta com a verdade". O democrata criticou a articulação do governo, que no dia em que pretende votar um projeto importante não consegue reunir o número necessário de parlamentares na Casa.

"O governo tem uma base de 45 deputados e bota 18 para uma sessão? No dia em que querem votar? Será que sou eu da oposição que eu sou responsável?", questionou Alan Sanches.

A base do governo na AL-BA conta com 45 deputados estaduais. Para que a sessão não caísse por falta de quórum era necessário que 19 parlamentares estivessem presentes.

 

Com informações do site Bahia Notícias

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Artigos Relacionados