X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

Sinpro-BA exige imunização completa da categoria para retorno às aulas presenciais na Bahia

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Sinpro-BA exige imunização completa da categoria para retorno às aulas presenciais na Bahia

Em assembleia realizada nesta última quarta-feira (9/6), os professores do Estado da Bahia decidiram não voltar para o modo de atividades presenciais ou semipresenciais. Nas redes sociais, o Sindicato dos Professores no Estado da Bahia (Sinpro-BA), ressalta que os profissionais vão manter as aulas remotas até que a imunização da categoria esteja completa.

"A situação de ausência de melhora dos índices da pandemia na Bahia - hoje [quarta-feira (9/6)], dia da assembleia, por exemplo, foi registrado o segundo maior número de infectados num único dia, além de 125 mortes, 37 delas apenas em Salvador - levou a categoria a decidir pela continuidade do não retorno presencial às escolas", diz o texto. 

Uma nova reunião foi marcada para o dia 5 de julho, para debater questões ligadas ao retorno das aulas presenciais e a data-base 2021, reajustes salariais referentes a maio de 2020 e maio de 2021. De acordo com o sindicato, as perdas acumuladas pela inflação medida pelo INPC/IBGE somam 10,24% entre maio de 2019 e abril de 2021, tema que está pautado com o sindicato patronal desde dezembro de 2020.

POR: ARATU ON

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter