X

Fale Conosco:

Aguarde, enviando contato!

STF nega pedido de defesa de Flordelis para suspender sessão que votará cassação

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
STF nega pedido de defesa de Flordelis para suspender sessão que votará cassação
Deputada entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir a votação prevista para a tarde de hoje.

O Supremo Tribunal Federal negou pedido da defesa de deputada federal Flordelis (PSD-RJ) para suspender sessão da Câmara dos Deputados prevista para esta quarta-feira (11), que deve votar pela cassação ou não de seu mandato. A decisão foi proferida hoje pela ministra do STF Cármen Lúcia, na qual informou haver “ausência de requisitos inconstitucionais e legais para o processamento válido desta ação”.

A Câmara dos Deputados deve votar nesta quarta-feira (11) o relatório do Conselho de Ética que recomenda a perda do mandato da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), acusada de ser a mandante do assassinato do próprio marido.

Para a deputada ter o mandato cassado, serão necessários, pelo menos, 257 votos -- ou seja, a maioria absoluta dos parlamentares.

Flordelis, eleita pelo Rio de Janeiro, foi afastada do cargo no começo deste ano. O Ministério Público a acusa de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, em 2019.

Ela, que nega participação no crime, entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar impedir a votação prevista para a tarde de hoje.

POR: CNN BRASIL

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter